Pular para o conteúdo principal

MOVIMENTE-SE SEM CAIR


Um evento que visou unir estilos e gerações, além de ir de encontro a rídicularidade que se tornou os shows undergrounds em Salvador, onde bandas "escravizam-se", vendendo quantidades exorbitantes de ingressos, para ter uma chance de tocar num evento. O espaço onde realizou-se, eu apenas conhecia por fora, dentro faz um calor infernal, porém é bem espaçoso e próximo da estação da Lapa, ou seja, transporte não é o problema.

POR UMA CAUSA abre o evento. Banda de Lauro de Freitas, que mais parece ter sido feita em Washington DC nos anos 90, muito bem ensaiada, tocaram covers do Dag Nasty, Blag Flag, Mysfits, contudo, as músicas próprias carecem dessa veia punk, mais suja, pois, em que pese serem bem elaboradas, estão bonitinhas demais para os caras, que bebem de uma fonte muito boa, com influências de bandas excepcionais. Eles são jovens, a banda é nova, terão muito tempo para ajustar a banda e se encontrarem.

2008/2009 será definitivamente o ano da CHARLIE CHAPLIN. Desde o segundo semestre de 2008 os caras tem se apresentado para diversos públicos e cada vez mais estão angariando fãs pela cidade e pelo Brasil, com uma demo de 2007 que até hoje não saiu, porém corre a internet, a banda consegue arrancar coros no show, as músicas novas conseguiram superar, e muito, as músicas antigas e o show é uma energia só, Salvador necessitava de algo assim. Executaram alguns covers: NOFX, At the Drive in e Patorocko. Vicente (vocal), foi um showman nessa tarde de rock dominical, uma apresentação a parte, pois está mandando muito bem na dança.

Banda nova na área, ANDRAGMA. Alguns amigos tinham me falado bem da banda, o que me fez ir ao MySpace da mesma e conferir a música disponibilizada, a gravação está boa, porém precisava conferir ao vivo pra sentir a pegada da banda. Inicia-se o show e logo uma surpresa, o vocal de Gilberto. PUTA QUE PARIU!!!Que vocal bom é esse, lembro-me da época que ele cantava na Simplória e simplesmente ele evoluiu em 1000%. A banda em si é bem legal, conseguiu animar os presentes, contudo, senti que faltou uma pegada mais grind na banda, e essas caída moshs, já estão saturadas, a banda tem tudo para ser perfeita músicos bons, um vocal lindo, todavia, peca nesses riffs moshados, que não combinam com a banda, além de se tornar repetitivo o que acaba deixando o show chato, ao menos para mim, que não vou a shows para rodar braços.

Começando o ano bem, primeiro show em 2009 e já chegaram fudendo tudo. Esse CD de covers da LUMPEN, antes de sair já posso afirmar que será sucesso de vendas. Bandas bem escolhidas, versões ótimas, não têm como não ser bem recepcionado pelo público, nesse show foram, executadas covers da No Deal, Escato, Versus2, Lisergia e um final memorável onde grande parte do público cantou uníssono "Eu te amo", a banda vai seguir para uma tour no Sudeste, e estará representando bem o hardcore do nordeste.

No fim das contas o saldo do evento foi positivo, só gostaria de fazer um desabafo aqui nesse texto para que fique bem claro que aqui é Salvador e não Nova Iorque e os shows de underground soteropolitanos não são Hellfests. Sejam um pouco compreensivos e respeite a pessoa ao seu lado, pois sua agressividade pode não ser bem recepcionada pelo agredido. SEM TRETAS / SEM VIOLÊNCIA!

Na foto : POR UMA CAUSA



OUÇAM AS BANDAS ACIMA CITADAS:

http://www.myspace.com/por1causa
http://www.myspace.com/charliechaplingoveia
http://www.myspace.com/andragma
http://www.myspace.com/xxxlumpenxxx

Comentários

È isso ai a galera tocou muito bem e espero ancioso por mais um show das bandas... abraço galera

PS: Foto massa qm foi q tirou???

Postagens mais visitadas deste blog

Cobertura dos melhores momentos do Palco do Rock 2009

Por: Rodrigo Gagliano.


Nesta edição colaborou conosco o Rodrigo Gagliano, membro de várias bandas que foram/são importante para o cenário underground soteropolitano, dentre elas a Charlie Chaplin. O Rodrigo, acompanhou todos os dias do festival PALCO DO ROCK, e teceu suas considerações. DIVIRTAM-SE!

Dia 21/02/09 – Sábado

Primeiro dia. Não curti nenhuma banda. Não é só em relação a estilo, às vezes é algo que não gosto, mas posso ver algo interessante e tal. No máximo na banda grande, mas tinha muito pula-pula, muita braulêra! Na verdade não lembro da banda de Thrash Metal 80´s. Teve ainda, a Pastel de Miolos que tem algumas coisas que gosto, principalmente de coisas mais antigas, como costuma ser comigo.

Dia 22/02/09 – Domingo

Segundo dia. Fui com Íris e Antonio (amigos pessoais do Rodrigo) que queriam ver a primeira banda, Endiometriose. Banda de Feira de Santana, composta por meninas. Tocaram muitos covers em relação a quantidade de músicas próprias.Ponto negativo, pois ficou parecendo q…

Oasis Day 2012 - Salvador

Texto: Ciro Sarno Já há alguns anos vem sendo realizado, no Brasil, o Oasis Day. Em algumas cidades, eventos com programação especial são feitos em homenagem ao grupo, contando com bandas covers e/ou discotecagem, levando os fãs a relembrarem os hits que marcaram épocas.
Na edição deste ano, que ocorreu dia 15 de setembro, Salvador participou pela primeira vez. O evento foi realizado no Groove Bar, melhor casa de rock da cidade, e o anfitrião da noite foi o sempre fantástico Oasis Cover. A apresentação contou com a abertura da banda Blur Cover, fazendo uma combinação inusitada de covers entre os rivais britânicos. Foi uma noite de puro rock, com o melhor que o Oasis tem a oferecer neste aspecto. Com um setlist bem escolhido por Ted Simões, líder e vocalista do grupo anfitrião, o show foi conduzido de maneira dinâmica e com surpresas dignas do que a noite merecia. “Rock’n Roll Star”
A apresentação começou com a música que traduz bem o que é o Oasis, o que significa ser fã da banda e prepar…

Cobertura: Pessoas Invisíveis e Gigante Animal na Midialouca

Resenha: xDuduxFotos: Danilo VieiraSalvador passa por uma triste fase de escassez de casas de shows, por isso vale a criatividade dos organizadores de shows em buscar possibilidades em fazer a parada virar. Como puderam observar na resenha anterior, elaborada por Rodrigo Gagliano, o show dos Falsos Conejos foi no Bar de Dona Neuza, que fica no Marback bem distante do Rio Vermelho/Pelourinho (locais onde geralmente rolam os shows na cidade). Com a passagem do Gigante Animal (SP) por Salvador não foi diferente e a criatividade de Danilo Vieira é de se tirar o chapéu. O local escolhido foi a Midialouca, uma loja de CDs e livros bem legal. A estética do local por si só já tava valendo, eu particularmente nunca tinha ido a loja e adorei, comprei dois bons cds lá e ainda vi shows de duas bandas excepcionais. Vamos ao show.
Já tinha uma quantidade razoável, para uma quinta feira, no local e a Pessoas Invisíveis- http://www.myspace.com/pessoasinvisiveisrock - mandava os primeiros acordes, ent…