Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

Cobertura: Palco do rock 2011 - 1ºdia

por: rodrigo gagliano
foto: Pastel de miolos (divulgação)


Bom... cá estou depois de algumas semanas do último dia de Palco do Rock 2011.

Esse ano a grade me interessou bem menos que a do ano passado e retrasado, onde a cada dia a produção nos presenteou com uma atração realmente atraente, o que parece ter funcionado bem, já que o que víamos era o coqueiral piatãsense ficar pequeno na hora das tais apresentações. O festival abre espaço para bandas inicantes, e nesse ano não vi muitas bandas horrendas como em anos anteriores (senhores e senhoras raivosxs contra minha pessoa: minhas bandas podem ser até piores que essas as quais me refiro! Não estou disputando. Realmente não ligo para auto-promoção), mas nesses dois anos citados acima, abriam umas bandas mais - ou menos inciantes, esquentando e ansiando os presentes para o grande show de cada noite, onde o som realmente funcionava como devia, o público se fazia presente como também deveria ser... e pra quem é raçudo e quer ficar até mais ta…

Cobertura: Nação Zumbi no Pelourinho

Resenha: Diego MartinsFoto: Carol GarciaA Nação Zumbi - http://www.myspace.com/nacaozumbi - encheu o Largo do Quincas Berro D’ Água (Pelourinho) com gente de todas as tribos, todas as raças, todas as regiões, norte, sul, leste, oeste, na noite do dia 05 de março de 2011 (Sábado de carnaval). Eu percebi que quase todo mundo tava esperando para curtir o mangue beat até os gringos curtiram a “vibe” dos caras. De acordo com a Polícia Militar, foram cerca de 10 mil pessoas unidas pelo maracatu atômico vindo do Recife exclusivamente para o Carnaval do Pelourinho. Tudo isso sem gerar sequer uma ocorrência policial durante o evento, Quer dizer nem uma que causasse tumulto. Dengue, baixista da banda disse: “O show que nós trazemos tem sido trabalhado há algum tempo, porém como é a primeira vez no Carnaval do Pelourinho, vamos colocar muito mais energia para essa galera que veio nos prestigiar”.O público estava muito empolgado e correspondendo a toda aquela energia vinda da mistura da percussão…

Cobertura: Móveis Coloniais de Acaju

Resenha: xDuduxFoto: DivulgaçãoDominguêra e eu acordando cedo pra ir a show, ainda sou um bom filhodaputa mesmo! Pelo menos o show éra certeza de qualidade, afinal era a Móveis Coloniais de Acaju- http://www.myspace.com/moveis - banda de Goiânia (GO) que mescla rock com marchinhas de carnaval , ska e mais um monte de coisa do tipo que acaba deixando o som legal e até mesmo comercial. Como previa cheguei atrasado, acordar cedo é foda, mas deu pra pegar o comecinho do primeiro bloco do show.Em que pese nos morros em volta da concha acústica do Parque da Cidade está repleto de pessoas, na parte destinada efetivamente ao público percebi não está lotado, certo que estava relativamente cheio, mas não lotado e ficou claro que isso foi devido ao horário do show, pois ao final estava completamente lotado, acho que uma solução pra isso seria ter uma banda de abertura ou começar um pouco mais tarde, porque na boa é pouco tempo de show, sempre que tem alguma banda realmente boa deixa um gostinho …

Cobertura: Messias na Livraria da Cultura Salvador

Resenha: xDuduxFoto:Site MessiasEssa foi a primeira vez que visitei o Teatro da Livraria da Cultura, que fica situado no Salvador Shopping. Sinceramente fiquei boquiaberto com o clima do local, esperava algo mais simples, porém o lugar é lindo e o melhor acolhedor, outra surpresa ao adentrar o teatro foi vê-lo completamente lotado, fiquei surpreso pois Messias, infelizmente não é um artista que vive na mídia, o som que é tocado, lamentavelmente não está nas grandes rádios ou até mesmo em alguns lugares mais alternativos, que preferem tocar a moda do verão, mesmo diante do que foi citado o lugar estava lotado e eu tive que assistir ao show de pé, muito feliz por isso diga-se de passagem.Perdi boa parte de show, o que me leva a crer que ele foi pontual. No palco a cenografia típica dos shows do "Escrever-me, envelhecer-me e esquecer-me", simplória e bem elaborada. A iluminação do local e a acústica merecem aplausos de pé, pois jogaram duro nesses aspectos e óbvio que com uma b…