Pular para o conteúdo principal

Lançamento do EP da JONAS


"Vamuquevamu que o som não pode parar"! Esse segundo semestre na capital está demais, é só sonzeira boa e foi nesse clima de boa música que a anda Jonas, lançou seu primeiro EP entitulado "Pacheco". A banda convidou algumas bandas para se juntar a esse lançamento que de longe é um dos melhores de 2009, foram elas: Tentrio, Rótulo (SE) e Zander (RJ).

Cheguei bem cedo no Rio Vermelho, primeiro encontrei com uns amigos no estúdio de Jera (Estúdio 60) e ficamos por lá proseando e contando lorota, quando a coisa ficou meio chata, rumei para finaDINHA com mais dois amigos, degustei um acarajé esperto, enquanto esperava minha namoradinha para adentrarmos o Boomerangue, local onde iriam se apresentar as bandas. Definitivamente esse não era um show normal, tamanha a quantidade de pessoas que a tempos não via em shows, ai era só risos e histórias...nisso o tempo passando e nem me dei conta que o show tinha começado...e eu lá fora, quando finalmente resolvo entrar, pimba! Me fudi! A TENTRIO já havia tocado, e eu estava bastante curioso em ver/ouvir a banda ao vivo, pois paguei muito pau para as músicas no Myspace, e infelizmente parece que a banda não faz muitos shows, que quebrança! Porém, apesar de nem ter visto o show da banda faço questão de divulgar o My Space da mesma para que possam ouvir, porque a banda é muito boa, taí: http://www.myspace.com/tentriorock

Passada a ira de perder um show que estava muito afim de curtir, fui ver alguns sorrisos bonitos como os de Gilberto Eloy (Frangote) e Marcelo Adam (Jonas) na banquinha da Frangote Records, e claro fui garantir logo meu EP da Jonas! Passado pouco tempo surge ao palco a banda aracajuana RÓTULO - http://www.myspace.com/rotulo - com um hardcore melódico bastante influenciado pelo Dead Fish parecem não ter animado muito o público presente, que apenas assistia apático ao show dos caras, alheios a tudo isso os integrantes se divertiam no palco com uma performance bem empolgadas, o vocalista inclusive tem uma presença de palco bastante semelhante ao do Rodrigo (Dead Fish), em verdade quem ouvisse a banda sem ver os caras pensaria que era o Dead Fish tocando, tamanha a semelhança. Aliás, quem visse tocando também pensaria que era o Dead Fish, visto que o naipe dos caras é total Dead Fish, será que Philippe pensou que os caras do Dead Fish tinham limado ele? Enfim, o show do Dead fish, ops...da Rótulo foi legal, porém se os caras buscassem mais elementos e influências diversas poderiam melhorar e muito, pois qualidade técnica os caras demonstraram, inclusive conseguindo achar um vocal que realmente cante melódico legal, coisa cada vez mais rara.

Não poderia deixar de comentar da excelente trilha sonora que embalava os intervalos entre uma banda e outra, o DJ residente da festa Nave, Janocide - www.myspace.com/djjanocide - mandava ver no melhor do roque, e arrisco a dizer que esse foi o melhor set que já vi do rapaz, ta eu sou roquêro! Jan mandou entre muitos sons At the drive-in, The Ramones, The Misfits e putaquepariu...o cara tocou ROCKET FROM THE CRYPT!!!! Ai eu endoidei de vez, foi o melhor aquecimento que eu poderia ter para o show dos anfitriões da noite.

Abrem-se as cortinas e a JONAS - http://www.myspace.com/conjuntojonas - mandava ver seu rock and roll crú e visceral!!!! Apresentando as músicas que estão no EP que estava sendo lançado, "Pacheco", algumas destas faixas já eram bem conhecidas dos presentes. Talvez pelos shows realizados pela banda esse ano ou pela divulgação no MySpace, aliás acho que foi um pouco de cada um. Canções como "As i want", arrancaram coros de uma Boomerangue cheia, que dançava freneticamente ao som desse conjunto de garotos serelepes, bonitos e bem tratados. A banda ainda veio com uma novidade que foram músicas em português, fazendo um comparativo com as músicas em inglês eu prefiro as inglês, o que não significa que as cantadas em português são ruins. O ponto negativo, vamos por assim dizer, da apresentação da Jonas é a duração, acho que os caras poderiam reduzir mais o repertório para não ficar muito cansativo pro público e inclusive pra banda. Pra adquirir o EP "Pacheco" acessem: http://www.fotolog.com/frangoterecords e façam já seu pedido, vale muito a pena e é bem barato, apenas R$ 5,00.

Pra finalizar esse belíssimo evento uma banda carioca que muitos esperavam por essas bandas ZANDER - http://www.myspace.com/zanderblues - o Zander é formado por ex-membros de bandas como Noção de Nada, Reffer e Viver Mata, só por essa tríade já é de se esperar coisa boa. Confesso que nas audições anteriores ao show a banda não tinha me agradado muito, talvez eu seja uma dessas viúvas do Reffer e do Noção de Nada, porém sei reconhecer quando uma banda faz um bom show, e o Zander fez um ótimo show! A boomerangue toda veio a baixo quando os caras largaram os primeiros acordes, não era pra menos com um paredão de guitarras daqueles, é rock n' roll da melhor qualidade!!!!Frenético demais os caras no palco, e o público também deu um show a parte, todos bastante receptivos e curtindo a vibe. Como boa viúva quase morri quando tocaram "Water" do Reffer e "Orgânico", do Noção de Nada, sendo esta a música que finalizou o show. Outro ponto bastante positivo, que até então não tinha me atentado são as letras da banda, boas demais!!!!Principalmente a letra de "Pegue a senha e aguarde", velho leiam isso e veja se não é uma das coisas mais lindas do mundo: "E é triste ver você vendendo ingressos pra poder tocar / E aparecer na TV pra fazer acordos e não pra brigar". Não estamos sozinhos, ninguém mais agüenta essa merda!


NA FOTO: JONAS

Comentários

Rodrigo disse…
rapaz... axei bem chata a introdução!! muito new metal!!!

vei, até ianzão apareceu!! heheehe isso sem falar em tácio!! a pergunta sobre se ele ainda tem/quer se desfazer do sub de cartolina e tinta guache naum se cala! hehehe

tb axu q seria melhor, um reper menor dos jonas brodis!!
xEduardox disse…
Eu curti, inclusive a intro hehehehehehehhehehehe

Tácio!!!!!!!!!! hahahuaugagaaygagya aonde ninguem se desfaz de uma preciosidade dessa, nem se fosse viciado em crack.

dos Jonas Brodis ou dos Brodis Jonas?
Janocide disse…
Valeu pela resenha do Jonas, Frangote Records agradece!
Obrigado também pelos elogios a discotecagem, foi feita com carinho mesmo pra galera do Jonas nessa noite especial.

Abraços!
x Toma na Cara x disse…
Oxeeee...nem precisa agradecer, quando a coisa é boa tem mais é que falar, divulgar e enxer o saco mesmo pra pessoa conhecerem ao menos.

A discotecagem tava uma lindeza só!!!!
Punk disse…
porra que merda de comentario sobre o rotulo, eles podem ter o som pareçido com dead fish, mais eles não falam tanta merda quanto o rodrigo, dead fish e uma coisa e rotulo outra, nao façam pouco da banda, é uma falta de respeito, sem contar que esses comentarios são muito "ruizinhos".
x Toma na Cara x disse…
Punk: Pra começar, eu não acho que Rodrigo fale merda, assim como não acho pelo que vi dos caras da Rótulo que eles também falem asneiras, sem sombra de dúvidas Dead Fish e Rótulo são bandas distintas, porém me soaram semelhantes, por fim os comentários/textos são esses ai e sempre serão nesse naipe, se não gosta...paciência, procura um tipo de leitura que te agrade.

Não poderia esquecer que não fiz pouco da banda, inclusive conheci o baterista e é bem gente boa, porém isso foi o que achei, você já acha uma coisa diferente.

Postagens mais visitadas deste blog

Cobertura dos melhores momentos do Palco do Rock 2009

Por: Rodrigo Gagliano.


Nesta edição colaborou conosco o Rodrigo Gagliano, membro de várias bandas que foram/são importante para o cenário underground soteropolitano, dentre elas a Charlie Chaplin. O Rodrigo, acompanhou todos os dias do festival PALCO DO ROCK, e teceu suas considerações. DIVIRTAM-SE!

Dia 21/02/09 – Sábado

Primeiro dia. Não curti nenhuma banda. Não é só em relação a estilo, às vezes é algo que não gosto, mas posso ver algo interessante e tal. No máximo na banda grande, mas tinha muito pula-pula, muita braulêra! Na verdade não lembro da banda de Thrash Metal 80´s. Teve ainda, a Pastel de Miolos que tem algumas coisas que gosto, principalmente de coisas mais antigas, como costuma ser comigo.

Dia 22/02/09 – Domingo

Segundo dia. Fui com Íris e Antonio (amigos pessoais do Rodrigo) que queriam ver a primeira banda, Endiometriose. Banda de Feira de Santana, composta por meninas. Tocaram muitos covers em relação a quantidade de músicas próprias.Ponto negativo, pois ficou parecendo q…

Oasis Day 2012 - Salvador

Texto: Ciro Sarno Já há alguns anos vem sendo realizado, no Brasil, o Oasis Day. Em algumas cidades, eventos com programação especial são feitos em homenagem ao grupo, contando com bandas covers e/ou discotecagem, levando os fãs a relembrarem os hits que marcaram épocas.
Na edição deste ano, que ocorreu dia 15 de setembro, Salvador participou pela primeira vez. O evento foi realizado no Groove Bar, melhor casa de rock da cidade, e o anfitrião da noite foi o sempre fantástico Oasis Cover. A apresentação contou com a abertura da banda Blur Cover, fazendo uma combinação inusitada de covers entre os rivais britânicos. Foi uma noite de puro rock, com o melhor que o Oasis tem a oferecer neste aspecto. Com um setlist bem escolhido por Ted Simões, líder e vocalista do grupo anfitrião, o show foi conduzido de maneira dinâmica e com surpresas dignas do que a noite merecia. “Rock’n Roll Star”
A apresentação começou com a música que traduz bem o que é o Oasis, o que significa ser fã da banda e prepar…

Cobertura: Festival Big Bands 2012

Texto: xDudux
Fotos:Quina Cultural, Igor Filgueiras, Mari Martins
No dia 26/10/2012 foi dado o pontapé inicial para mais uma edição do  Festival Big Bands. Na sexta não fui, pois estava torcendo pro glorioso leão e no domingo também não deu pra comparecer já que estava na celebração da décima edição da batalha de rimas Maisum, entretanto não poderia deixar de ir a pelo menos um dia desse tradicional festival e me restou ir no sábado (27/10), onde dentre outras bandas teria a gigante Headhunter D.C., banda local de death metal com prospecção e respeito nacional. Sim por esse show com certeza já teria valido à pena minha ida a Praça Tereza Batista, mas ainda teriam outros atrativos nessa tarde/noite.
A banda de abertura foi a Hessel -http://www.myspace.com/hesselrock - banda instrumental local que seguindo nossa tradição de bandas instrumentais é muito boa! Os caras abusam, sem medo de ser feliz, de efeitos e pedais, dando um resultado final que é uma delícia musical de primeira linha, que …