Pular para o conteúdo principal

Aniversário de um ano do TOMANACARA



Escrever sobre um show que você mesmo organizou e que ainda tocou é complicado, eu até tinha falado com Danilo amigo que nos ajudou nos corres para ele escrever esta resenha, mas hoje pela manhã ao acordar completamente fudido, sem voz e com o corpo dolorido pensei: Não, eu mesmo vou escrever essa porra e tentar falar tudo que eu vi, presenciei e senti. Não sei qual o tamanho vai ficar isso aqui, mas vocês sabem que não me preocupo muito com isso, vou escrever tudo que a minha memória proporcionar.

Pra mim toda essa comemoração começou no dia 08, pois foi meu aniversário então eu, minha namorada e uma amiga comemos pizza e papeamos, a sexta foi light e tinha que ser afinal sábado e domingo seriam dias puxados. No sábado só correria, acordei de manhã e fiquei sem fazer absolutamente nada, ainda bem! Porque se não fosse isso eu iria no ensaio da Mapache Man e ai perderia a graça da surpresa do dia posterior, pela tarde ensaio marcado das 14:00 às 16:00, sendo que uma hora de Patorocko mais uma hora de Derrube o Muro, como também queria ter o gostinho de ver a Patorocko apenas no dia do show fiquei em casa, e fui ao estúdio apenas na hora da Derrube o Muro, por sinal eu e Gabriel atrasamos e Joff não era certeza de ir, com isso resolvemos passar o cover apenas. Todos fomos para nossos respectivos lares e nos preparar para cair na gandaia, o destino era a Festa Nave - http://festanave.wordpress.com - E lá vamos nós, amigos e amigas juntos bailando a noite inteira, teve direito até a bolo em comemoração do meu aniversário, o de July e porque não o do Tomanacara, já que já eram três e pouca da manhã de domingo quando batemos os parabéns. Saímos da Nave umas cinco e meia, e fomos eu e os gêmeos ( Diogo e Vicente) pegar os Todos Contra Um na rodoviária, os caras vinham do show de Aracaju. Chegamos na rodoviária beijos e abraços, com os caras veio um amigo meu de internet, xBiscoitox, muito sagaz!!! Fomos para minha casa, Diogo se despediu da gente e ficamos lá conversando, comendo e pegando um bronze na piscina para estarmos com a cor do verão no show. Outro grande amigo, Boy, que deu uma força imensa no rango!!! O cara fez um almoço super gostoso e já tava a nossa espera no restaurante, rumamos para lá e no meio da caminho encontramos Danilo e um filhadaputa capixaba, Lilo!!! Que também tinha acabado de chegar de Aracaju, a zuada tava feita e fomos comer esse rango. Terminamos e já era hora do show, fomos voando para o Rio Vermelho onde Gabriel já tava agilizando tudo, para que o show não atrasasse muito.


Nossa pretensão era a de marcar o show 14:00 horas para que comecemos às 14:30, atrasamos em meia hora e às 15:00 horas a primeira banda tocou. Mesmo com esse atraso o público ainda era bem discreto, banquinhas montadas, algumas pessoas dentro da casa, outras ainda do lado de fora e a CAPITALIXO - http://myspace.com/capitalixo - já estava no palco. Powertrio nervoso tocando um fastcore animal!!! Muitas músicas novas que não foram gravadas nas demos dos caras, porém sobrou espaço para clássicos como "Vida" que contou com a participação de Doriva (Derrube o Muro) nos vocais. Rolou ainda covers de Discarga, "Instinto" e uma versão que na verdade é da banda Lamas (que é composta dos mesmo componentes da Capitalixo) da música "Acorrentados" da histórica banda Escato, que esse mês faz shows em Simões Filho e Cruz das Almas.



Com a casa já um pouco mais cheia a DERRUBE O MURO -http://myspace.com/derrubeomuro - como disse sempre é difícil falar da banda que eu mesmo toco, ao menos para mim o show foi legal, apesar de estar bem envergonhado, pois ao invés da galera se divertir pareciam estar analisando a banda...braços cruzados, olhares atentos, devido a isso grande parte do show passei de costas, acho que acabou servindo de protesto (heheheheh). Fizemos um set mesclando músicas que saíram no EP com algumas canções não saíram, porém que não são tão novas assim. Rolaram dois covers: O primeiro, eu particularmente adoro essa "versão" que fazemos, foi da música "Desarmar o mundo", da Dever de Classe, e o segundo que finalizou nossa apresentação foi da música "Cyco Vision", do Suicidal Tencendies, esse com a participação de Rogério Gagliano (Charlie Chaplin, Capitalixo, Partorocko).



Agora era a vez da RANCOR - http://myspace.com/rancorcrustcore - confraternizar conosco em nosso aniversário. Já havíamos coberto alguns shows que a Rancor havia tocado, Simões Filho/Camaçari, mas não me recordo de ter visto os caras em ação aqui na capital, e parece que ter apenas um integrante residente em Salvador não atrapalha em nada, pois a essa hora o Bondcanto estava lotado e todos curtiam a apresentação dos caras. A banda bem ensaiada, o vocal inconfundível de Maldito, assim como seus pulos de empolgação já característicos, fora o fato da banda ser muito boa, fizeram com que a Rancor fosse uma das melhores bandas do evento. Para finalizar os caras nos deram um excelente presente, como todos sabem Nal (guitarra) tocou na Escato, e não também nenhuma novidade que agora em Janeiro a Escato fará shows de reunião em Simões Filho e Cruz das Almas, junto com duas bandas da Venezuela, agora o que ninguém sabia era que em nosso aniversário rolaria uma demonstração do que vão ser esses shows, era a Escato no palco!!!!!!!!!! Certo que Frank (baixo) não estava, e foi bem substituído por Túlio (Mais Treta, Egregora), mas valeu muito a pena e foi muito foda.



Não bastou esse presente que foi ter a Escato tocando uma música, mais surpresas e dessa vez muitos ficaram sem entender mesmo. Acontece que a Entreamoreódio que estava escalada para tocar no evento não pode comparecer, e assim surgiu a idéia de Diogo, baterista da Entreamoreódio e Mapache Man, de rolar um pocket show da MAPACHE MAN - http://myspace.com/mapacheman - preferi não divulgar em fotolog para deixar como surpresa mesmo, algumas pessoas que encontrei no sábado eu acabei revelando. Poucas pessoas devem saber, mas agora estão sabendo, que com aquela formação que se apresentou no Aniversário do Tomanacara, a banda tinha apenas um ensaio feito, que tinha sido no sábado, ai eu me pergunto: Se com apenas um ensaio a banda estava com aquela qualidade toda, imagina no próximo show. Realmente 2010 já começou bem, com uma banda solta, livre e com uma qualidade bem superior ao que se vê atualmente na cena rocker, salvo as exceções. E pra quem acha que powertrio é algo engessado e sem presença de palco, tem que ver Fabiano Passos (Vocal/Guitarra), se divertindo tocando. Felizmente até nesse ponto demos sorte, saiu a Entreamoreódio, mas estreou com o pé direito a Mapache Man. Fabiano se despede, mas avisando que já voltava



Enquanto Fabiano saiu para tirar fotos sensuais nos becos do Rio Vermelho, seus outros parceiros da Mais Treta, João Paulo e Túlio, estavam no palco para tocarem com sua outra banda EGRÉGORA. A banda além desses dois que citei anteriormente conta com Carol (vocal) e Fernando (baixo/Vocal), e fez a melhor apresentação que vi deles. Empolgação não faltou a Túlio e Fernando, que bailavam tocando seus instrumentos sem que fosse perceptível o erro de sequer uma nota, além disso o vocal de Carol continua impressionando, agressivo e forte, deixa muita gente boquiaberta. A banda em 2009 não fez muitos shows, até porque era muito recente, acho que 2010 é o ano de colher os frutos dos ensaios. Tocar mais e lançar logo um material para não deixar a coisa esfriar



Conforme prometido, Fabiano volta e se une a João Paulo e Túlio, a farda azul já denunciava que era a hora da MAIS TRETA. - http://myspace.com/maistreta - Essa fez outro show memorável no evento, se o público parecia está envergonhado assim que a Mais Treta começou, só se via a galera se desgraçando no pogo, também pudera os caras mandaram logo de início
a música "Agora você se esconde atrás de suas desculpas" e o show seguiu assim, tocando vários hits da banda como As esdrúxulas relações e mais outras músicas que saíram no Split com Ofensa e Triste Fim de Rosilene. Tocaram ainda a última música gravada pelos mesmos "A Esdrúxula relação entre a ejaculação e o envelhecimento precoce", que pode ser ouvida no MySpace da banda. Esse definitivamente não era um show comum, mais uma surpresa da tarde/noite, a Mais Treta voltou a tocar o cover do Sin Dios!!!!!!!! Essa até eu mesmo me impressionei, e amei!!!! Não bastasse isso, rolou ainda uma versão para "Young Till I Die", da clássica banda 7 Seconds, essa hora foi pura emoção, acho que só segurei o choro, porque já tinha chorado antes com as palavras de meu amigo Fernando, FODA DEMAIS!!!!! E pra finalizar a lista de presentes Robson "Véio" se juntou aos caras e mandou o cover de "Solução", da No Deal, que recentemente foi regravado pela banda Lumpen na sua Mixtape "Quintessênciaprofana".



A atração interestadual se aprontava e eu já estava ansioso pra ver os muleques em ação. O EP dos caras é sensacional, eu recomendo e muito essa aquisição, mas óbvio que nada supera ver a banda ao vivo. Todos bonitos, bem tratados, e se cagando começa o show da TODOS CONTRA UM - http://myspace.com/todoscontraum - a banda é aquilo mesmo que eu esperava, empolgação em grau máximo de Diego (vocal), um som bem coladinho e rápido...bem rápido!!!!Algumas faixas como "Desejo da Máquina" e "Ditadura da Beleza" já estavam na boca da galera, mesmo sem o CD ter sido vendido anteriormente em Salvador, milagres da internet. A banda ainda conseguiu chamar o público para si quando da execução dos covers, muito bem escolhidos que foram de Fun People a No Violence, dando uma passadinha por WxHxNx? e "Gasolina", que apesar de ser bem conhecida na versão do Life is a Lie, é da banda capixaba Kusta Pässää. Foi um show bem animado e empolgante, confesso que fiquei bem satisfeito não só em ver os caras mandando muito bem no show, mas por tê-los aqui em minha casa, e estreitando cada vez mais os laços. Parafraseando o Costa a Costa: NINGUEM LEMBROU DO NORDESTE NA FITA, MAS TÂMU AQUI. E estamos mesmo, firmes e determinados, criando uma rede de troca de informações e experiências, que ainda faz com que seja possível uma banda vir de Natal e escaldar tudo em Salvador, show foda de uma banda foda!



A nostalgia pairou nesse momento, a PATOROCKO - http://myspace.com/patorocko - estava ali para fazer um show de reunião. A formação foi: Marina (Baixo), Rodrigo (Bateria/Voz), Rogério (guitarra/voz) e a galera cantando em um só voz todos os clássicos da banda. A Patorocko dessa vez não tocou, como de costume, covers. Ainda bem! Não era isso que queríamos, queríamos mesmo era matar a saudade, seja da época do Troco do Pão, com músicas como "Sociedade", quer seja dos bailes no Insurgente, com músicas como "Cujo o nome é a própria guerra". Foi um dos momentos mais emocionantes, ao menos para mim em todo o evento, ali passou um filme em minha cabeça...muita coisa mesmo, eu olhava para o lado e via o sorriso de David de canto a canto do rosto, e isso me deixava mais feliz, sentia Diego e Alan, me abraçando e cantando junto as músicas do Cd "Tortuosa Travessia Indubitável", aquele era o primeiro show da Patorocko que os caras estavam vendo. Depois desse show me senti orgulhoso de ter dado uma ajudinha pra que rolasse esse show de reunião, e não poderia deixar de agradecer a Marina por ter topado, valeu mesmo!!!!!!!!


Mudança rápida de componentes. Sai Mariana e entram Dill e Vicente, pronto! Eis a CHARLIE CHAPLIN - http://mypace.com/charliechaplingoveia - No speed máximo, porque o nosso horário na casa de show estava acabando, a Charlie Chaplin fez um dos melhores shows que já vi. Primeiro, os caras não tiveram muito tempo de ficar dando aquelas paradas gigantescas entre uma música e outra, foi tudo colada...sem intervalos! Depois, pelo fato de também o tempo ter sido apertado, não houveram chances para muitos covers (graças a Jah!), rolou apenas um cover e por fim porque o público parece que estava sedento de show dos caras, e olha que eles tocaram bem em 2009, mas já começaram 2010 fudendo com tudo!!!!Era gente se jogando no chão, Vicente numa performance, digna de Vicente, não aquela coisa morta e sem graça do último show em dezembro. Dill é outro cara que baila com seu instrumento sem perder o fio da meada, detesto músicos paradões, gosto de ver essa energia no ar, passa uma positividade e alegria imensa no show, é muito bom! O cover que os caras executaram foi o da música "One Armed Scissor", da banda At the Drive-in, sendo que Vicente sequer cantou, pois o público tomou de assalto o mic e mandou ver no gogó, e não foi só no cover que isso aconteceu, em hits da banda como "Menosprezo" e "Porque não?" a galera fazia questão de chegar junto e participar do show, foi lindo demais e me emociono até em lembrar aqui. Foi um dia para não tirar da memória tão cedo.

Valeu a todos que apóiam o blog, valeu mesmo a quem colou em nossa comemoração de 1 ano, espero que ano que vem estejamos na ativa e claro, já pensando no aniversário de 2 anos!!! O verão nos espera.

Comentários

tiago disse…
fico feliz em ter feito parte dessa história!
Rodrigo disse…
foi tecnologia da dor mizera, a versão de lamas pra música de escato... foi bala, foi bala... pena q naum filmaram todo o evento!! huhuul pra fazer um doc depois!! se bem q o bond canto num era o lugar ideal, mas se bem, tambem, q aqui em ssa naum podemos nos dar o luxo de escolher local!! hehe huul
David Campbell disse…
"liberdaaaaade pra seguir em frente! nao importa como a sua vida esteÊja! pois nao há jeitoÔ! não há solução! querem fechar seus olhos pra vc nao VÊ!"
ahusidhaiudhsaiudhaidhisuadhdiu

foi lindo demais!!!

obrigado Dudu!
x Toma na Cara x disse…
Rodrigo: Caralho!!!!E eu num sei que é essa porra, não sei porque porra veio "acorrentados" em minha cabeça uhauhauhauhuhauhauhaa
Seria doido né? Vou falar com Fabiano, o homem dos docs!!!!

David: Pooooorraaaaaaaaaaaa!!!Jogou duro aê!!!!!!! Foi lindo mesmo...lindeza pura!
Vamo estreitar mais esses laços. Foi a todos, que venha a derrube o muro para Natal. Um evento xTomanacarax + Chuva Negra. Que tal, hein, hein?

Resenha muito bem feita, detalhadissima. Foda!

:*
Peaga.
x Toma na Cara x disse…
Vamos sim meu nego!!!!!!!!!!Quem sabe logo menos não tamu por aê!!!!!

Agora o evento é Tomanacara + Chuva Negra, o "X" do Tomanacara sou eu apenas heheheheheheheh Gabriel é puro álcool hhahuhuahuauaa

Pow vlw que bom que gostou nego!!!!

:**
Fernando disse…
Foi foda! Show de hardcore como há tempos não tínhamos por aqui. Na verdade, se não me falha minha falha memória, acho que desde o fim do Insurgente não tínhamos um show assim...

Prazer imenso de participar de alguma forma disso.

Um Só Caminho...
x Toma na Cara x disse…
Foda foi vc me fazer choarar seu fdp!!!!!!!!!!

Valeu por tudo, tudo mesmo...sem vocês (bandas e amigos) nada disso seria possível.
x Toma na Cara x disse…
Foda foi vc me fazer choarar seu fdp!!!!!!!!!!

Valeu por tudo, tudo mesmo...sem vocês (bandas e amigos) nada disso seria possível.

Postagens mais visitadas deste blog

Cobertura dos melhores momentos do Palco do Rock 2009

Por: Rodrigo Gagliano.


Nesta edição colaborou conosco o Rodrigo Gagliano, membro de várias bandas que foram/são importante para o cenário underground soteropolitano, dentre elas a Charlie Chaplin. O Rodrigo, acompanhou todos os dias do festival PALCO DO ROCK, e teceu suas considerações. DIVIRTAM-SE!

Dia 21/02/09 – Sábado

Primeiro dia. Não curti nenhuma banda. Não é só em relação a estilo, às vezes é algo que não gosto, mas posso ver algo interessante e tal. No máximo na banda grande, mas tinha muito pula-pula, muita braulêra! Na verdade não lembro da banda de Thrash Metal 80´s. Teve ainda, a Pastel de Miolos que tem algumas coisas que gosto, principalmente de coisas mais antigas, como costuma ser comigo.

Dia 22/02/09 – Domingo

Segundo dia. Fui com Íris e Antonio (amigos pessoais do Rodrigo) que queriam ver a primeira banda, Endiometriose. Banda de Feira de Santana, composta por meninas. Tocaram muitos covers em relação a quantidade de músicas próprias.Ponto negativo, pois ficou parecendo q…

Oasis Day 2012 - Salvador

Texto: Ciro Sarno Já há alguns anos vem sendo realizado, no Brasil, o Oasis Day. Em algumas cidades, eventos com programação especial são feitos em homenagem ao grupo, contando com bandas covers e/ou discotecagem, levando os fãs a relembrarem os hits que marcaram épocas.
Na edição deste ano, que ocorreu dia 15 de setembro, Salvador participou pela primeira vez. O evento foi realizado no Groove Bar, melhor casa de rock da cidade, e o anfitrião da noite foi o sempre fantástico Oasis Cover. A apresentação contou com a abertura da banda Blur Cover, fazendo uma combinação inusitada de covers entre os rivais britânicos. Foi uma noite de puro rock, com o melhor que o Oasis tem a oferecer neste aspecto. Com um setlist bem escolhido por Ted Simões, líder e vocalista do grupo anfitrião, o show foi conduzido de maneira dinâmica e com surpresas dignas do que a noite merecia. “Rock’n Roll Star”. 
A apresentação começou com a música que traduz bem o que é o Oasis, o que significa ser fã da banda e prepar…

Cobertura: Pessoas Invisíveis e Gigante Animal na Midialouca

Resenha: xDuduxFotos: Danilo VieiraSalvador passa por uma triste fase de escassez de casas de shows, por isso vale a criatividade dos organizadores de shows em buscar possibilidades em fazer a parada virar. Como puderam observar na resenha anterior, elaborada por Rodrigo Gagliano, o show dos Falsos Conejos foi no Bar de Dona Neuza, que fica no Marback bem distante do Rio Vermelho/Pelourinho (locais onde geralmente rolam os shows na cidade). Com a passagem do Gigante Animal (SP) por Salvador não foi diferente e a criatividade de Danilo Vieira é de se tirar o chapéu. O local escolhido foi a Midialouca, uma loja de CDs e livros bem legal. A estética do local por si só já tava valendo, eu particularmente nunca tinha ido a loja e adorei, comprei dois bons cds lá e ainda vi shows de duas bandas excepcionais. Vamos ao show.
Já tinha uma quantidade razoável, para uma quinta feira, no local e a Pessoas Invisíveis- http://www.myspace.com/pessoasinvisiveisrock - mandava os primeiros acordes, ent…