Pular para o conteúdo principal

Cobertura: Pentágono pela 1ª vez em Salvador

Texto: xDudux


Fotos: Fernando Gomes


Mais uma noite de gala para o rep soteropolitano. Uma união que só poderia dar em coisa boa, Santa Fé & Time do Loko proporcionaram um baile daqueles, com direito a discotecagem de alto nível e dois artistas de ponta (de todas as pontas, inclusive as queimadas rsrsrs) do cenário rapper atual.


Aos poucos eu via as pessoas se aglutinando na porta do Sunshine e sem muita demora elas iam entrando na casa, claro ninguém queria perder DJ Gug e suas mãos agéis nos toca-discos, com muito rep gringo e algumas pedradas nacionais pra ninguém por defeito. Logo em seguida, sem deixar a peteca cair DJ Leandro,que acompanha o MC Daganja, mandou ver com clássicos, EU DISSE CLÁSSICOS!!! Como "Doggystyle" do mestre Snoop Dogg e pra gangsta nenhum por defeito Wu Tang Clan! Claro que o ponto máximo da discotecagem estava por vir, quando muito acertadamente e no espírito Black Burn Leandro mandou ver nuns Miami Bass das antigas, onde quase eu fazia trenzinho e saia gritando "Ah, eu tô maluco!" Foda demais!!!!!Sem contar no Mr. Catra, também muito bem escolhido.Perceberam que o bagulho já estava bem aquecido, mas a chapa ia esquentar ainda mais e não era ainda Daganja - http://www.myspace.com/mcdaganja - no palco, era apenas o seu primeiro convidado, MC Kiko, ex parceiro de Afrogueto que mandou uma rima nervosaaaa, ultramegarápida, no melhor estilo embolada, fazendo a casa cair e chamando ao palco ele, Daganja! Que veio bem acompanhado do MC Dimak, que além de dar suporte a Daganja no show, estava sendo o Mestre de Cerimônias da festa. Novidades sempre tem, ainda mais com essa nova formação dos shows de Daganja, com ele, Dimak e DJ Leandro. Além de apresentar algumas músicas novas, Daganja mostrou como ficaram algumas antigas, com essa repaginada. Esse é um dos motivos que Daganja, Versu2 e outros grupos/artistas da cidade têm se dado muito bem, estão em processo cíclico sempre, nunca sendo os mesmo, mas sem nunca esquecer o que são. Foi um show e tanto, talvez um dos melhores dele que vi em 2011.



Mostrando todo o swing paulista, o Pentágono - http://www.myspace.com/pentagono5 - subia ao palco do Sunshine, MCs e 1 Dee Jay em sincronia invejável. Apresentando canções dos álbuns "Microfonicamente Dizendo" e do tão aclamado "Natural", os caras conseguiram manter e até elevar em alguns momentos a vibe positiva do show do Daganja e mostraram o porquê é um grupo tão bem recebido pela crítica especializada. A mescla de hip hop, reggae e ragga casa perfeitamente com os caras e realmente tem um swing todo gostoso, que não tem como ficar parado ao som dos caras. O único ponto negativo do show foi que o grave estava alto demais, ai fudeu um pouco com a qualidade do som, mas claro que não impediu que fosse um show para ficar marcado em nossa memória, principalmente quando mandaram a faixa "É o Moio", caralho!!!A casa veio abaixo nessa hora, tal quando Dj Kiko mandou um medley de Cypress Hill com De Menos Crime, pura legalização. Suei demais nesse show e olhe que a Sunshine é até bem arejada, mas os caras fazem a pista ferver. Ahhh, já ia esquecendo: o vocal de Msário é sinistro demais!!!!!!!!!!!


Gostaria de agradecer a Santa Fé e Time do Loko pela cortesia concedida ao Tomanacara.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cobertura dos melhores momentos do Palco do Rock 2009

Por: Rodrigo Gagliano.


Nesta edição colaborou conosco o Rodrigo Gagliano, membro de várias bandas que foram/são importante para o cenário underground soteropolitano, dentre elas a Charlie Chaplin. O Rodrigo, acompanhou todos os dias do festival PALCO DO ROCK, e teceu suas considerações. DIVIRTAM-SE!

Dia 21/02/09 – Sábado

Primeiro dia. Não curti nenhuma banda. Não é só em relação a estilo, às vezes é algo que não gosto, mas posso ver algo interessante e tal. No máximo na banda grande, mas tinha muito pula-pula, muita braulêra! Na verdade não lembro da banda de Thrash Metal 80´s. Teve ainda, a Pastel de Miolos que tem algumas coisas que gosto, principalmente de coisas mais antigas, como costuma ser comigo.

Dia 22/02/09 – Domingo

Segundo dia. Fui com Íris e Antonio (amigos pessoais do Rodrigo) que queriam ver a primeira banda, Endiometriose. Banda de Feira de Santana, composta por meninas. Tocaram muitos covers em relação a quantidade de músicas próprias.Ponto negativo, pois ficou parecendo q…

Oasis Day 2012 - Salvador

Texto: Ciro Sarno Já há alguns anos vem sendo realizado, no Brasil, o Oasis Day. Em algumas cidades, eventos com programação especial são feitos em homenagem ao grupo, contando com bandas covers e/ou discotecagem, levando os fãs a relembrarem os hits que marcaram épocas.
Na edição deste ano, que ocorreu dia 15 de setembro, Salvador participou pela primeira vez. O evento foi realizado no Groove Bar, melhor casa de rock da cidade, e o anfitrião da noite foi o sempre fantástico Oasis Cover. A apresentação contou com a abertura da banda Blur Cover, fazendo uma combinação inusitada de covers entre os rivais britânicos. Foi uma noite de puro rock, com o melhor que o Oasis tem a oferecer neste aspecto. Com um setlist bem escolhido por Ted Simões, líder e vocalista do grupo anfitrião, o show foi conduzido de maneira dinâmica e com surpresas dignas do que a noite merecia. “Rock’n Roll Star”. 
A apresentação começou com a música que traduz bem o que é o Oasis, o que significa ser fã da banda e prepar…

Cobertura: Pessoas Invisíveis e Gigante Animal na Midialouca

Resenha: xDuduxFotos: Danilo VieiraSalvador passa por uma triste fase de escassez de casas de shows, por isso vale a criatividade dos organizadores de shows em buscar possibilidades em fazer a parada virar. Como puderam observar na resenha anterior, elaborada por Rodrigo Gagliano, o show dos Falsos Conejos foi no Bar de Dona Neuza, que fica no Marback bem distante do Rio Vermelho/Pelourinho (locais onde geralmente rolam os shows na cidade). Com a passagem do Gigante Animal (SP) por Salvador não foi diferente e a criatividade de Danilo Vieira é de se tirar o chapéu. O local escolhido foi a Midialouca, uma loja de CDs e livros bem legal. A estética do local por si só já tava valendo, eu particularmente nunca tinha ido a loja e adorei, comprei dois bons cds lá e ainda vi shows de duas bandas excepcionais. Vamos ao show.
Já tinha uma quantidade razoável, para uma quinta feira, no local e a Pessoas Invisíveis- http://www.myspace.com/pessoasinvisiveisrock - mandava os primeiros acordes, ent…