Pular para o conteúdo principal

Cobertura: Gravação dos clipes da Velotroz e Irmão Carlos e o Catado



Sabadão... 08 da matina, ainda virado de sono pois tinha chegado às 06 da manhã em casa, me levanto e vou encontrar com Caio Araujo (Diretor de ambos os clipes) para conferir parte das gravações dos clipes de "Anti Herói Americano" (Velotroz) e "Vegetariana" (Irmão Carlos e o Catado), que iriam rolar no estúdio da FTC, faculdade onde Caio cursa Cinema.



Chegando lá, vi os outros membros da equipe. Pelo clima, todos amigos, que começaram a pôr a mão na massa e fazer a parada acontecer. Tira daqui, põe ali... Marcações... É engraçado ver como é o trabalho antes do clipe pronto; sempre tive essa curiosidade. Primeiro passo foi a gravação de um dos takes do clipe da Velotroz - http://www.myspace.com/velotroz. Esse foi feito apenas com Giovani (vocal), sentado num banquinho e cantando. Que voz potente o cara tem, sem mic dava pra ouvir alto e claro ele cantando, e sem desafinar. O figurino utilizado foi o que ele usa no dia dia mesmo, tudo bem sincero e honesto, sem muita maquiagem. Esse take foi gravado com o fundo azul, o qual será colocada alguma imagem nele na fase de edição. Em relação ao que vi, e ao clipe da Irmão Carlos, esse foi fácil fácil de fazer.



Outro ponto interessante de se ver, e admirável, foi a dedicação de todos ali, tirando leite de pedra e com muita criatividade para fazer um clipe digno e bem elaborado. Não tinha isso de "eu faço apenas isso"; todo mundo fazia tudo, na coletividade e se ajudando. Muito por isso rolou tudo perfeitamente.






Passada a gravação da Velotroz, inicia-se a de alguns takes do clipe da Irmão Carlos e o Catado - http://www.myspace.com/irmaocarloseocatado. Bem mais complexo, com um roteiro hiperlombrado, tal qual a música. Desacreditei no início que fosse dar certo algumas coisas, como por exemplo um belo barco de papel gigante, onde couberam dois personagens do clipe o E.T. (Giovani/Velotroz) e o Mendingo (Maicon/Velotroz), que se mostraram verdadeiros atores, com uma desenvoltura imensa. Gostei de ver. De surpresa apareceu na gravação ele... O próprio: Carlinhos (Irmão Carlos e o Catado), figurassa... E sempre esperto, Caio Araujo logo pensou em gravar uma cena com ele. Ficou perfeita! Foi uma cena solo, mas que não vou contar para não perder a graça. Quando o clipe sair, vocês irão ver.





Infelizmente tive de ir embora às 12h, pois tinha compromissos pessoais. Mas foi bom participar de todo esse ambiente de gravação de clipe. Eu pensava que era bem mais chato, talvez até seja... Depende da equipe, e a equipe desses dois clipes não era nada chata, além de muito criativa e dedicada.






Fazer clipes com todos os recursos na mão é fácil. Quero ver fazer assim no D.I.Y! Parabéns a vocês.

Comentários

Eduardo disse…
Na verdade, Caio dirigiu apenas o clipe da Irmão Carlos e o Catado, quem dirigiu o clipe da Velotroz foi...Daniel(Acho que é esse o nome do broder) Caio, salva aê!
Rodrigo disse…
huhuuul! massa entaum... hehehe
Leila disse…
Se não houvesse essa foto, eu nunca iria conseguir imaginar duas pessoas dentro de um "barquinho" de jornal gigante, rs.
Eduardo disse…
Leila: Por isso que fiz questão de postar com ela, pra não parecer história de pescador hehehehehe

Postagens mais visitadas deste blog

Cobertura dos melhores momentos do Palco do Rock 2009

Por: Rodrigo Gagliano.


Nesta edição colaborou conosco o Rodrigo Gagliano, membro de várias bandas que foram/são importante para o cenário underground soteropolitano, dentre elas a Charlie Chaplin. O Rodrigo, acompanhou todos os dias do festival PALCO DO ROCK, e teceu suas considerações. DIVIRTAM-SE!

Dia 21/02/09 – Sábado

Primeiro dia. Não curti nenhuma banda. Não é só em relação a estilo, às vezes é algo que não gosto, mas posso ver algo interessante e tal. No máximo na banda grande, mas tinha muito pula-pula, muita braulêra! Na verdade não lembro da banda de Thrash Metal 80´s. Teve ainda, a Pastel de Miolos que tem algumas coisas que gosto, principalmente de coisas mais antigas, como costuma ser comigo.

Dia 22/02/09 – Domingo

Segundo dia. Fui com Íris e Antonio (amigos pessoais do Rodrigo) que queriam ver a primeira banda, Endiometriose. Banda de Feira de Santana, composta por meninas. Tocaram muitos covers em relação a quantidade de músicas próprias.Ponto negativo, pois ficou parecendo q…

Oasis Day 2012 - Salvador

Texto: Ciro Sarno Já há alguns anos vem sendo realizado, no Brasil, o Oasis Day. Em algumas cidades, eventos com programação especial são feitos em homenagem ao grupo, contando com bandas covers e/ou discotecagem, levando os fãs a relembrarem os hits que marcaram épocas.
Na edição deste ano, que ocorreu dia 15 de setembro, Salvador participou pela primeira vez. O evento foi realizado no Groove Bar, melhor casa de rock da cidade, e o anfitrião da noite foi o sempre fantástico Oasis Cover. A apresentação contou com a abertura da banda Blur Cover, fazendo uma combinação inusitada de covers entre os rivais britânicos. Foi uma noite de puro rock, com o melhor que o Oasis tem a oferecer neste aspecto. Com um setlist bem escolhido por Ted Simões, líder e vocalista do grupo anfitrião, o show foi conduzido de maneira dinâmica e com surpresas dignas do que a noite merecia. “Rock’n Roll Star”. 
A apresentação começou com a música que traduz bem o que é o Oasis, o que significa ser fã da banda e prepar…

Cobertura: Pessoas Invisíveis e Gigante Animal na Midialouca

Resenha: xDuduxFotos: Danilo VieiraSalvador passa por uma triste fase de escassez de casas de shows, por isso vale a criatividade dos organizadores de shows em buscar possibilidades em fazer a parada virar. Como puderam observar na resenha anterior, elaborada por Rodrigo Gagliano, o show dos Falsos Conejos foi no Bar de Dona Neuza, que fica no Marback bem distante do Rio Vermelho/Pelourinho (locais onde geralmente rolam os shows na cidade). Com a passagem do Gigante Animal (SP) por Salvador não foi diferente e a criatividade de Danilo Vieira é de se tirar o chapéu. O local escolhido foi a Midialouca, uma loja de CDs e livros bem legal. A estética do local por si só já tava valendo, eu particularmente nunca tinha ido a loja e adorei, comprei dois bons cds lá e ainda vi shows de duas bandas excepcionais. Vamos ao show.
Já tinha uma quantidade razoável, para uma quinta feira, no local e a Pessoas Invisíveis- http://www.myspace.com/pessoasinvisiveisrock - mandava os primeiros acordes, ent…