Pular para o conteúdo principal

Cobertura: palco do rock 2º dia



Resenha: Rodrigo Gagliano


Fotos: Divulgação, Marcelo Santana



Buster http://www.myspace.com/0buster0 - O dia começou bom e eu quase perco a primeira atração da noite. Pelo segundo ano como banda de abertura, a Buster fez um show pra lá de impecável só que pra pouquíssimos chegados até então. Pra quem não conhece a banda faz um som pra lá de californiano, com guitarras e vocais pra lá de melodicamente foda e ainda com uma cozinha precisa e eficaz. Gravaram e lançaram o primeiro EP recentemente depois de alguns anos de banda. Ah, cover de Garage Fuzz – “Replace”.


Ignivomus http://www.myspace.com/bandaignivomus - Confesso duas coisas, que esse nome me causa agonia e que não lembro do som da banda. Pescada número 2 então, só um momento... huuum legal a banda. Aquela velha aliança do hardcore seco com o peso extraído do metal. Cover de Sepultura para delírio de grande parte dos já presentes. Eis uma “apelação” entre aspas meio que necessária em um festival como esse com tantas bandas autorais, cujo a grande maioria não conhecem as músicas, e muito disso se deve a falta de continuidade das bandas daqui, o que dificulta o conhecimento das músicas próprias e tal. Momentos como esse traz um gás extra com certeza, apesar do risco de causar um certo condicionamento.



Enio e a Maloca http://www.myspace.com/enioeamaloca - Ano passado falei sobre um pot-pourri da banda mandando alguns clássicos (já manjados ao meu ver) do rock. Nesse ano lançaram um “Smell Like Teen Spirit” de leve hehe. Deve ser muito bom pra galera que ainda curte Nirvana com todo aquele fervor de outrora, mas acho que pega um pouco estranho e me soa meio apelativo. A banda é boa, tem as manhas em cima do palco, mas enfim... cada um faz seu repertório e suas próprias escolhas.




Savant Inc (SP) http://www.myspace.com/savantinc - Coloquei um clipe aqui pra me relembrar, o que ajudou bastante. Achei meio bizarra toda aquela performance... aquela né? Aquela qual? Pois é, deixa eu ver como posso descrever. Enfim, meio espalhafatosa com melodias pós-modernas e vocais rasgados em paralelo com irritantes linhas melódicas, de praxe em bandas do estilo. Desculpem a total parcialidade, mas eu realmente não suporto.




Mingmen (Suíça) http://www.myspace.com/mingmen - Fui botar no youtube pra dar uma relembrada também e logo de início ouvi uns coros de praxe quando o assunto é mulher tocando rock em cima do palco; “gostosa! Gostosa! Gostosa!”... roqueiro é uma porra mermo! Acho que nem pagodeiro faz isso no pagodão. Bom, a impressão que essa banda me passou foi a de se tratar de uma banda de rock gótico, mas lembro de ter comentado isso e alguém me “corrigir”. Mas acho que seja por aí sim, uma mistura de gothic metal com Evanescence (Evanescence é gothic metal? Nem sei!). Tocaram “Toxicty” do Sistem of a Down, precisa nem dizer que o povo foi a loucura né?


Fato interessante, ouvi dizer que a banda veio bancada pelo governo da Suiça, que segundo me disseram, tão querendo divulgar as coisas de lá por aqui. Não sei o que tá incluso nessa bancação aí, mas achei uma onda isso.




As Mercenárias (SP)http://www.myspace.com/mercenrias - Aêêê! Essa aí eu tava ansioso pra ver! Não conheço muito bem a banda, mas só pela importância histórica já tava valendo e muito. Duas coroas nas cordas e uma mais jovem, locona na bateria, destruindo... Pitchu, que no final do ano passado veio com Dominatrix (SP), tocar no Festival Vulva La Vida. O show foi bem morno, mas pra mim foi bem foda, adorei estar num show delas. Ganhei um cd de presente nesse dia e conheci melhor as músicas. Depois do show, infelizmente.





Vendo 147 http://www.myspace.com/vendo147 - Banda que já ta virando tradicional na cidade. Instrumental “rock pra frente” com a curiosa formação: dois guitarristas, um baixista e dois bateristas... tocando no mesmo bumbo. Não vale nem a pena contar mais por aqui, basta ficar ligado que eles estão sempre se apresentando por Salvador a fora.




Rattle http://www.myspace.com/rattleband - A essa hora eu já tinha ido embora, mas vi um vídeo aqui no youtube e ouvi umas músicas no myspace. Som bem thrash, metaleiro, deve ter sido um ótimo fim do dia pros rockeiros mais da pesada que ainda se encontravam pelo coqueiral.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cobertura dos melhores momentos do Palco do Rock 2009

Por: Rodrigo Gagliano.


Nesta edição colaborou conosco o Rodrigo Gagliano, membro de várias bandas que foram/são importante para o cenário underground soteropolitano, dentre elas a Charlie Chaplin. O Rodrigo, acompanhou todos os dias do festival PALCO DO ROCK, e teceu suas considerações. DIVIRTAM-SE!

Dia 21/02/09 – Sábado

Primeiro dia. Não curti nenhuma banda. Não é só em relação a estilo, às vezes é algo que não gosto, mas posso ver algo interessante e tal. No máximo na banda grande, mas tinha muito pula-pula, muita braulêra! Na verdade não lembro da banda de Thrash Metal 80´s. Teve ainda, a Pastel de Miolos que tem algumas coisas que gosto, principalmente de coisas mais antigas, como costuma ser comigo.

Dia 22/02/09 – Domingo

Segundo dia. Fui com Íris e Antonio (amigos pessoais do Rodrigo) que queriam ver a primeira banda, Endiometriose. Banda de Feira de Santana, composta por meninas. Tocaram muitos covers em relação a quantidade de músicas próprias.Ponto negativo, pois ficou parecendo q…

Oasis Day 2012 - Salvador

Texto: Ciro Sarno Já há alguns anos vem sendo realizado, no Brasil, o Oasis Day. Em algumas cidades, eventos com programação especial são feitos em homenagem ao grupo, contando com bandas covers e/ou discotecagem, levando os fãs a relembrarem os hits que marcaram épocas.
Na edição deste ano, que ocorreu dia 15 de setembro, Salvador participou pela primeira vez. O evento foi realizado no Groove Bar, melhor casa de rock da cidade, e o anfitrião da noite foi o sempre fantástico Oasis Cover. A apresentação contou com a abertura da banda Blur Cover, fazendo uma combinação inusitada de covers entre os rivais britânicos. Foi uma noite de puro rock, com o melhor que o Oasis tem a oferecer neste aspecto. Com um setlist bem escolhido por Ted Simões, líder e vocalista do grupo anfitrião, o show foi conduzido de maneira dinâmica e com surpresas dignas do que a noite merecia. “Rock’n Roll Star”
A apresentação começou com a música que traduz bem o que é o Oasis, o que significa ser fã da banda e prepar…

Cobertura: Pessoas Invisíveis e Gigante Animal na Midialouca

Resenha: xDuduxFotos: Danilo VieiraSalvador passa por uma triste fase de escassez de casas de shows, por isso vale a criatividade dos organizadores de shows em buscar possibilidades em fazer a parada virar. Como puderam observar na resenha anterior, elaborada por Rodrigo Gagliano, o show dos Falsos Conejos foi no Bar de Dona Neuza, que fica no Marback bem distante do Rio Vermelho/Pelourinho (locais onde geralmente rolam os shows na cidade). Com a passagem do Gigante Animal (SP) por Salvador não foi diferente e a criatividade de Danilo Vieira é de se tirar o chapéu. O local escolhido foi a Midialouca, uma loja de CDs e livros bem legal. A estética do local por si só já tava valendo, eu particularmente nunca tinha ido a loja e adorei, comprei dois bons cds lá e ainda vi shows de duas bandas excepcionais. Vamos ao show.
Já tinha uma quantidade razoável, para uma quinta feira, no local e a Pessoas Invisíveis- http://www.myspace.com/pessoasinvisiveisrock - mandava os primeiros acordes, ent…