Pular para o conteúdo principal

Cobertura: Aniversário de 13 Anos The Honkers‏



Texto: xDudux


Fotos: Jane Figueiredo e Letícia Oliveira


Terça Feira e lá vou eu e meu parceiro Pedro Gog rumo ao Pelourinho para celebrar o aniversário de 13 anos da The Honkershttp://www.myspace.com/thehonkers -. A Honkers é uma das bandas em atividade mais significativas para o roque baiano. Uma banda muitas das vezes injustiçada, porém que persiste fazendo bons shows e excelentes lançamentos.


A banda de abertura desta noite foi a Fridah, porém quando eu cheguei a mesma tinha acabado de tocar, me restou esperar os Honkers arrumarem o palco para começar o roque. O show, pra quem não sabe, se realizou na Pça Tereza Batista, onde também tinha ali um telão onde foi exposto em primeira mão o clipe da música "24 Hours From Your Heart", faixa do single que foi lançado ano passado pela Entorte Discos. O clipe ficou de primeira linha, fotografia linda e um roteiro bem legal, sinceramente um dos melhores clipes que vi ultimamente.

Lançado o clipe, vamos a comemoração! Sim, foi uma bela comemoração com diversas participações, tais como: Bruno Carvalho (ex Guitarra Honkers), PJ ( ex e agora parece que atual guitarra Honkers), Tripa (bateria The Futchers), Rodrigo (bateria Charlie Chaplin) e se teve alguém que esqueci, desculpa minha memória não é das melhores. Tirando as baladas excessivas o show foi ótimo! Já disse aqui em outra oportunidade que as baladas dos Honkers são ótimas, mas não para esse tipo de show grande, são boas para shows mais intimistas ou para se ouvir em casa, show desse porte tem que ser pancada, pra nêgo suar e ficar doidão. Posso dizer por mim que realmente me divertir no final quando rolou "Psychedelic yellow sugars" e "She's Girl born 62", cover do The Headcuts, músicas bem pancadas que mostra bem como o The Honkers sabe fazer aquele arrastapé. Outros clássicos da banda também não ficaram de fora, como "Devil Girl", "People Love Hate", "This is an Old World" e a linda "Between The Devil And The Deep Blue Sea", que apesar de ser balada é sempre bem vinda, pois é muito lindinha...essa eu libero heheh. No final, Sputter (vocal) improvisou um Axl Rose sensacional no palco, com direito a capinha de chuva e tudo, até a chuva ele conseguiu improvisar, é um show a parte!

O show acabou terminando um pouco mais tarde que o previsto, devido a alguns probleminhas técnicos, porém nada que tirasse o brilho dessa comemoração. Que venham mais 13!




Videos do show:


"People Love Hate/Psychedelic Yellow Sugars"


http://vimeo.com/31181662


"Devil Girl/You Make Me Sick"


http://vimeo.com/31211743


"Distorced Party/Mr Winston Wolf/C The Lite"


http://vimeo.com/31220524


"Anybody Else"


http://vimeo.com/31223484


Clipe da música "24 Hours From Your Heart"


http://www.youtube.com/watch?v=RUn8yTAbISQ&feature=mfu_in_order&list=UL

Comentários

Andrei disse…
chegando atrasado em shows?
Aí não!
Eduardo disse…
hauhauhhuahuahuauhahuahu é porque com Gog é tudo em slowmotion auhahuuhaa
Rodrigo disse…
vei! inda bem q c num tava falando da comemoração de velotroz... senão ia ta chuvendo protesto aqui! pra vc ve como brust eh um rapaz alem de jovial e belo, humilde e cortês!

o nome da musica de HeadcOAts é Girl From 62... ondjé q c ouviu born ai nesse meio? hehehe e alem dela, a outra música do finalzinho empolgante do show foi These Things Happened All The Time...

Mais uma vez esses sacanas morgam o meio do show e animam qnd naum podem mais tocar! aconteceu isso tb no palco do rock!

eles deviam ter feito 3 hs de honkers nessa comemoração aê!

huuul
Eduardo disse…
hauahuahuahuahuahahah normalz, sei lá onde ouvi...acho que sempre cantei "born", porque a onda tem que ser sempre fya!

Isso, a outra música eu não lembrava heheheheh

Ow...eu bem lembro do Palco do Rock, raiva da disgraça.

Rpz...vc é tiete mesmo né? Pra que 3h de show? 1h de pura empolgação tá perfeito!!!


ahhh...falando em Velotroz, vou ver show deles ainda esse mês, então já sabe né...comentários virão.
Rodrigo Sputter disse…
Tem born na letra, mas não no título:

http://www.lyricsoncall.com/lyrics/billy-childish/girl-from-62-lyrics.html

Morgou porra niuma, o que tirou a ação do show foi os problemas técnicos, aliás que fulerou em parte a noite...Dudi fica nessa de morgou, mas num guenta pogar a porra toda-ehhehehe

E Rodrigo um indie que fica reclamando das baladas, mas foi o nome da noite pedalando pelo centro da cidade...aliás bicho, como vc conseguiu pedalar as subidas ali pro pelô, meu héroi-hehehe

valeu pelo comentário!

A foto de cima é de jane fernande e a de baixeo é de letícia oliveira.

Beijos e obrigado pela sinceridade de sempre e a força!
Rodrigo disse…
hehehe sou tiete mermo! serei bala... uma esbornia honkerina!! deviam ter trazido zefirina nessa porra.. se era pra tocar banda no dia com eles! hehehe (por falar em honkerina, ja q zefirina eh uma parceria honkerina)...

hehehe na raça irmão, na raça! barril foi qnd peguei o pedal e vi q ele naum cabia na sua caixa! mas foi assim mermo... outro barril foi ver q tinha melado minha calça de graxa! mas consegui tirar com escova e sabão em pó! hehehe

eu quero é a letra de i was´nt made for this world!!!
Eduardo disse…
Cuzão, pagapau! Porra, Zefirina ia ser bem doido.

Vc tem mais é que se fuder mesmo!!! huauhahuuhauhauhauhauhauhauahuahua

Oshe, peça aos caras!
Eduardo disse…
ahuhahuahuahua sabia que cantava essa porra certo, vou ai Rodrigo cuzão!

Rpz...eu tou meio veinho e sobrepeso, leia-se gordo, mas aguento fácil um show porradêra daqueles do Honkers, teste pra ver.

hauhhauhuauhah sabe o que é isso Bubute? Força Straight Edge!!! aahuahuahuauhahuahu

Tow ligado nas fotos, rola os créditos no início do texto.

Xeiro no cangote!!

Postagens mais visitadas deste blog

Cobertura dos melhores momentos do Palco do Rock 2009

Por: Rodrigo Gagliano.


Nesta edição colaborou conosco o Rodrigo Gagliano, membro de várias bandas que foram/são importante para o cenário underground soteropolitano, dentre elas a Charlie Chaplin. O Rodrigo, acompanhou todos os dias do festival PALCO DO ROCK, e teceu suas considerações. DIVIRTAM-SE!

Dia 21/02/09 – Sábado

Primeiro dia. Não curti nenhuma banda. Não é só em relação a estilo, às vezes é algo que não gosto, mas posso ver algo interessante e tal. No máximo na banda grande, mas tinha muito pula-pula, muita braulêra! Na verdade não lembro da banda de Thrash Metal 80´s. Teve ainda, a Pastel de Miolos que tem algumas coisas que gosto, principalmente de coisas mais antigas, como costuma ser comigo.

Dia 22/02/09 – Domingo

Segundo dia. Fui com Íris e Antonio (amigos pessoais do Rodrigo) que queriam ver a primeira banda, Endiometriose. Banda de Feira de Santana, composta por meninas. Tocaram muitos covers em relação a quantidade de músicas próprias.Ponto negativo, pois ficou parecendo q…

Oasis Day 2012 - Salvador

Texto: Ciro Sarno Já há alguns anos vem sendo realizado, no Brasil, o Oasis Day. Em algumas cidades, eventos com programação especial são feitos em homenagem ao grupo, contando com bandas covers e/ou discotecagem, levando os fãs a relembrarem os hits que marcaram épocas.
Na edição deste ano, que ocorreu dia 15 de setembro, Salvador participou pela primeira vez. O evento foi realizado no Groove Bar, melhor casa de rock da cidade, e o anfitrião da noite foi o sempre fantástico Oasis Cover. A apresentação contou com a abertura da banda Blur Cover, fazendo uma combinação inusitada de covers entre os rivais britânicos. Foi uma noite de puro rock, com o melhor que o Oasis tem a oferecer neste aspecto. Com um setlist bem escolhido por Ted Simões, líder e vocalista do grupo anfitrião, o show foi conduzido de maneira dinâmica e com surpresas dignas do que a noite merecia. “Rock’n Roll Star”. 
A apresentação começou com a música que traduz bem o que é o Oasis, o que significa ser fã da banda e prepar…

Cobertura: Pessoas Invisíveis e Gigante Animal na Midialouca

Resenha: xDuduxFotos: Danilo VieiraSalvador passa por uma triste fase de escassez de casas de shows, por isso vale a criatividade dos organizadores de shows em buscar possibilidades em fazer a parada virar. Como puderam observar na resenha anterior, elaborada por Rodrigo Gagliano, o show dos Falsos Conejos foi no Bar de Dona Neuza, que fica no Marback bem distante do Rio Vermelho/Pelourinho (locais onde geralmente rolam os shows na cidade). Com a passagem do Gigante Animal (SP) por Salvador não foi diferente e a criatividade de Danilo Vieira é de se tirar o chapéu. O local escolhido foi a Midialouca, uma loja de CDs e livros bem legal. A estética do local por si só já tava valendo, eu particularmente nunca tinha ido a loja e adorei, comprei dois bons cds lá e ainda vi shows de duas bandas excepcionais. Vamos ao show.
Já tinha uma quantidade razoável, para uma quinta feira, no local e a Pessoas Invisíveis- http://www.myspace.com/pessoasinvisiveisrock - mandava os primeiros acordes, ent…