Pular para o conteúdo principal

PALCO DO ROCK 2010 - 1º DIA


Como já é praxe do Tomanacara, designamos Rodrigo Gagliano para observar e fazer suas considerações sobre o Festival Palco do Rock, que ocorre nos dias de Carnaval aqui em Salvador. Esse ano a resenha foi dividida por dia, então segue o primeiro dia.Esse ano minha empolgação até mesmo para as atrações especiais (de acordo com meu gosto musical) não foi das maiores, e essa demora pra começar a escrever expressa justamente essa maresia que tem permeado os âmbitos roqueiros locais. Bom, mas indo ao que interessa porque o resto não tem pressa, o primeiro dia de Palco do Rock começou de forma maestrosa (tenho impressão de que essa expressão não se adéqua muita, mas me soou legal no pensamento). Cólera e Karne Krua no mesmo dia, uma atrás da outra ainda por cima (provavelmente combinado através de pedidos de algumas das partes), além de meus brodi da Vivendo do Ócio que apesar de serem daqui mesmo, vivem atualmente em São Paulo, pois em Nagôland (como diz meu outro brodi Ian Kelmer) as coisas são ainda mais difíceis!Pois bem, a abertura do evento ficou por conta de uma loucura lá que apenas me prontifico a descrever como um lindo(?) sonho delirante. Vou logo avisando que a resenha vai ser um pouco escullhambada, até pelo fato de eu não conseguir a grade de atrações legível para ir acompanhando e refrescando minha memória. Pulo da primeira (num teve muito o que descrever sobre) para a terceira, a nestante referida VIVENDO DO ÓCIO - http://www.myspace.com/vivendodoocio -, passando as férias de carnaval em terras nativas e aproveitando para fazerem alguns shows. Tocaram músicas do cd recém-lançado pela Deck-Disc, músicas realmente novas e outras não tão novas assim (que saíram no lançamento virtual intitulado como "Teorias de Amor Moderno", cujo a maioria ou todas foram regravadas no álbum "oficial" por assim dizer). A impressão que tenho é que o pessoal canta junto mais essas antigas, mas no geral tiveram uma boa resposta do público presente e é bom poder ver que eles tem um público que realmente conhece e gosta de suas músicas. Rolou cover de The Doors (uma que eles sempre tocam e eu não sei o nome) e não tocaram o Cover de Raul Seixas, o que provavelmente teria levado o público fã desse artista sempre presente em edições do Palco do Rock e em qualquer outro canto da cidade ao êxtase!


Depois deles, uma banda do Rio Grande do Sul, REDOMA - http://www.myspace.com/redoma - que não me chamou muito a atenção e nessa hora provavelmente estava dando uma volta e conversando com alguns.


Engraçado que esse ano pelo menos, notei uma coisa. Cada dia tinha uma banda "de peso" no mesmo horário, localizada mais ou menos no meio da grade. Não reparei se ano passado foi assim também, possivelmente. O desse primeiro dia foi CÓLERA - http://www.myspace.com/colera -. Uma lenda viva e muito viva por sinal. Show punk virulento com coros clássicos com alto teor de melodia e agressividade cantados em uníssono. Muitos problemas com algumas pessoas no público, fazendo uma certa bagunça, principalmente com a tabaredice de querer ficar subindo no palco pra aparecer, derrubando a proteção da frente do palco, etc. Mas o show, mesmo com esse clima de chateação estampada na cara de Rédson (guitarra/vocal), foi muito bom, os caras estavam impecáveis como sempre (desde os primórdios dos primórdios) e o público se fez presente. Só eles mesmo pra conseguir isso, os dinossauros do punk nacional.


Logo em seguida, sem perder o fôlego, mas infelizmente perdendo boa parte do público antes presente,outra lenda nacional e nordestina(!!!) do punk, KARNE KRUA - http://www.myspace.com/bandakarnekrua -, diretamente de Aracaju (SE). Uma pancada atrás da outra, o som tava milagrosamente bom e eles não deixaram a peteca cair, fizeram sua parte e muito bem feita. A banda é dos meados da década de 80 e se mantém viva até os dias de hoje, graças ao espírito punk e sincero da banda. Infelizmente, no meio da apresentação tive que me ausentar e não pude ver nem o resto do show dos caras, nem das outras bandas.


Continua...

Comentários

Rodrigo César disse…
q disgraça é essa q vcx chamam d resenha, o cara já começa pulando três bandas, falando o q não sabe (nao houve combinacao entre karne krua e coléra, as duas bandas naum tiveram contato nenhum da grade, ngem sabia quem ia tocar antes de sair completa pra todo mundo), pqp. depois diz que nao viu tal banda pq não gosta, kd imparcialidade? grande bosta isso. só vai falar bem do seu gosto pessoal e das bandas de seus amiguinhos. e ainda diz q nao sabia a programacao desde qd o evento tem site proprio (e com google aí, só um burro ignorante tabaréu pra não saber) com toda a programacao lá, fora os folders q estavaum sendo distribuidos ., se isso qui é budega dos parceiros, mandem seus amiguinhos lerem, nao todo mundo, pq todo mundo quer credibilidade, e credibilidade se faz com imparcialidade. antes naum escrever disgraça nenhuma, é total queimação pra vcx. ainda rouba a foto do fotolog da accr e tem a cara de pau de colocar a marca'dagua do blog. toma vergonha. pura máfia.
Eduardo disse…
Essa disgraça que chamamos de resenha é o nosso estilo de fazer resenhar, se não gostou faz do seu jeito ou procura outros meios de divulgação, que sairam máterias sobre os shows.

"depois diz que nao viu tal banda pq não gosta, kd imparcialidade?"

Imparcialidade você procura em outro local, porque aqui todo mundo é PARCIAL e só falamos bem daquilo que gostamos, é sem massagem mesmo.

"só vai falar bem do seu gosto pessoal e das bandas de seus amiguinhos".

Isso!Agora você entendeu como funciona, está vendo que não é tão burro assim.

"se isso qui é budega dos parceiros, mandem seus amiguinhos lerem, nao todo mundo, pq todo mundo quer credibilidade"

Você seria esse todo mundo? Ou apenas um dos? Eu divulgo pra quem quiser ler, e quem quiser comentar sobre, agora faça-me o favor de não vir chorar aqui sobre o formato do blog, pois não adianta, o formato é esse e pronto.

"credibilidade se faz com imparcialidade".

Então fica com sua credibilidade e sua imparcialidade, pois aqui preferimos HONESTIDADE.

"antes naum escrever disgraça nenhuma, é total queimação pra vcx".

Ui!!!

"ainda rouba a foto do fotolog da accr e tem a cara de pau de colocar a marca'dagua do blog. toma vergonha. pura máfia."

Sim, roubamos a foto do fotolog da accr, quem quiser ver a foto original: www.fotolog.com/accrba

Bjumeliga!
Rodrigo disse…
Dudu, pra q c ainda responde um filadaputa desequilibrado como esse??

va tomar no cu rodrigo cesar da disgraça!
Rodrigo disse…
o cara num sabe nem o q significa a expressão "provavelmente"...

inventa um nome diferente de "resenha" ae, presse bando de gente nojenta num ficar procurando caso toda vez que vc disser q tem uma nova resenha(!!!) no blog!
gabriel FROM HELL disse…
Rodrigo cesar, você quer imparcialidade? nos pague pra isso, nos dê ingressos para os shows, etc... quer fotos proprias? compra uma nikon ou canon e nos presenteia, ai vc terá fotos proprias e de boa qualidade.
se realmente você aceitar a proposta quem sabe a gente fala bem de bandas ruins???
bjonabunda!
Eduardo disse…
Rodrigo Gaglis: Oxe meu filho como é que num responde vey...digaê uhauhauhauhauhauha

Gabriel: Ingressos? Eu trabalho pra isso, pra não ter que dever nada pra ninguem, e digo mais...mesmo nos dando cortesias, se for ruim vou falar que é ruim mesmo e pronto.


No mais, aguardem a resenha do segundo dia!
Anônimo disse…
eu conheço Rodrigo César ele é da failia amorim. gaygaygaygaygaygaygaygaygaygaygaygaygayag
Anônimo disse…
Tanto o tomanacara e a Accrba não passam de aproveitadores alheios e eu sei muito bem que rola um desvio mastro de verba na organização do palco do rock!!!
Eduardo disse…
Anônimo: Sobre o desvio da ACCR é você que está dizendo. Agora sobre nós sermos aproveitadores, sim, adoramos nos aproveitar...ainda não conseguimos tirar proveito dessa aproveitação toda, mas acho que isso é proveitoso, não é?
Anônimo disse…
ainda não vir o tomanacara se aproveitar de algum coisa e sobre o desvio de verba da accr é bom ter como provar isso pq pelo que sei a Accr tem que prestar contas ao estado e se desviar alguma coisa tão fudidos. Rodrigo Cesar de Cassia Amorim é o primeiro!
ratomiles disse…
é engraçado, o cólera quando nao tem treta no som, tem depois.
ô sina da desgraça! eheheheheh
Eduardo disse…
hhauhuahuahuahuahuauhauhauhhauhaa é o ódio punk Ramilles! auhhuahuahuahuahuahuahuahuaa

Pior foi no de Simões Filho que teve antes e depois, pelo menos não teve durante hehehehehe
David Campbell disse…
eu lembro q em simoes filho rolou até tiro! uashidhasiudhasiud
foi mara!
San disse…
TA NA COMUNIDADE DA ACCRBA!!RSRSR!!
Apenas os que me conhecem sabem que não sou fake...nunca fui, o que quero dizer digo é diretamente...

Não preciso desta idiotice ai...

Inicialmente levei pra comunidade da ACCRBA a linda resenha de capacidade enorme de escrever e elevar a cena da sua cidade...

A muito que são idiotas, agora são idiotas famosos... E cada vez mais se depender de mim...

Sejam felizes... Não tenho culpa do nível de QI dos seres que são...

Passar bem! Certamente não os verei no inferno!!

http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=5760159&tid=5439300769027685105&na=4&nst=112&nid=5760159-5439300769027685105-5446720921706948477

ABRAÇOS, EU SANDRA DE CASSIA...
Eduardo disse…
David: uhauhauhauhahuahua pra você ver meu caro, o sistema é bruto!!!

San: Tá mesmo?Se você não falasse aqui eu realmente não saberia, porque eu não estou na comunidade da ACCRBA. Agora que somos idiotas famosos só falta a grana no bolso, uma rede, sombra e água fresca. hehehee Sobre elevar ou rebaixar cena, não temos nenhum compromisso com cena.

Postagens mais visitadas deste blog

Cobertura dos melhores momentos do Palco do Rock 2009

Por: Rodrigo Gagliano.


Nesta edição colaborou conosco o Rodrigo Gagliano, membro de várias bandas que foram/são importante para o cenário underground soteropolitano, dentre elas a Charlie Chaplin. O Rodrigo, acompanhou todos os dias do festival PALCO DO ROCK, e teceu suas considerações. DIVIRTAM-SE!

Dia 21/02/09 – Sábado

Primeiro dia. Não curti nenhuma banda. Não é só em relação a estilo, às vezes é algo que não gosto, mas posso ver algo interessante e tal. No máximo na banda grande, mas tinha muito pula-pula, muita braulêra! Na verdade não lembro da banda de Thrash Metal 80´s. Teve ainda, a Pastel de Miolos que tem algumas coisas que gosto, principalmente de coisas mais antigas, como costuma ser comigo.

Dia 22/02/09 – Domingo

Segundo dia. Fui com Íris e Antonio (amigos pessoais do Rodrigo) que queriam ver a primeira banda, Endiometriose. Banda de Feira de Santana, composta por meninas. Tocaram muitos covers em relação a quantidade de músicas próprias.Ponto negativo, pois ficou parecendo q…

Oasis Day 2012 - Salvador

Texto: Ciro Sarno Já há alguns anos vem sendo realizado, no Brasil, o Oasis Day. Em algumas cidades, eventos com programação especial são feitos em homenagem ao grupo, contando com bandas covers e/ou discotecagem, levando os fãs a relembrarem os hits que marcaram épocas.
Na edição deste ano, que ocorreu dia 15 de setembro, Salvador participou pela primeira vez. O evento foi realizado no Groove Bar, melhor casa de rock da cidade, e o anfitrião da noite foi o sempre fantástico Oasis Cover. A apresentação contou com a abertura da banda Blur Cover, fazendo uma combinação inusitada de covers entre os rivais britânicos. Foi uma noite de puro rock, com o melhor que o Oasis tem a oferecer neste aspecto. Com um setlist bem escolhido por Ted Simões, líder e vocalista do grupo anfitrião, o show foi conduzido de maneira dinâmica e com surpresas dignas do que a noite merecia. “Rock’n Roll Star”
A apresentação começou com a música que traduz bem o que é o Oasis, o que significa ser fã da banda e prepar…

Cobertura: Pessoas Invisíveis e Gigante Animal na Midialouca

Resenha: xDuduxFotos: Danilo VieiraSalvador passa por uma triste fase de escassez de casas de shows, por isso vale a criatividade dos organizadores de shows em buscar possibilidades em fazer a parada virar. Como puderam observar na resenha anterior, elaborada por Rodrigo Gagliano, o show dos Falsos Conejos foi no Bar de Dona Neuza, que fica no Marback bem distante do Rio Vermelho/Pelourinho (locais onde geralmente rolam os shows na cidade). Com a passagem do Gigante Animal (SP) por Salvador não foi diferente e a criatividade de Danilo Vieira é de se tirar o chapéu. O local escolhido foi a Midialouca, uma loja de CDs e livros bem legal. A estética do local por si só já tava valendo, eu particularmente nunca tinha ido a loja e adorei, comprei dois bons cds lá e ainda vi shows de duas bandas excepcionais. Vamos ao show.
Já tinha uma quantidade razoável, para uma quinta feira, no local e a Pessoas Invisíveis- http://www.myspace.com/pessoasinvisiveisrock - mandava os primeiros acordes, ent…