Pular para o conteúdo principal

FESTIVAL DE CULTURA ROCK - 4ª Edição



Como já vem rolando desde o começo do mês, sexta-feira é dia de FESTIVAL DE CULTURA ROCK. Nesta 4ª edição tem como tema da noite o Emocore/Hardcore (?). Como já vinha sendo de rotina, a chuva tinha que dar as caras, e com ela vem um atraso um pouco além do habitual para o início de um show.




Entre uma cervejinha e outra, conversando com meu bróder Luidi (Acanon), a noite começa com a Hupper - http://www.myspace.com/bandahupper, num show morninho, até mesmo porque nem tinha como esquentar, ainda muito vazio o espaço. A cada apresentação eles vêm mostrando seu amadurecimento, com destaque para o seu guitarrista. E foi assim a apresentação da Hupper, dividindo a atenção dos poucos que ali estavam com um PS2 instalado a um projetor.




Pausa para mais uma cerveja, um cigarrinho e uma partida de FIFA SOCCER. Eis que entra a Shift 1.0 – banda nova e igual a tantas outras que enchem o seu repertório de covers. Fazem uma linha de hardcore melódico que lembra muito o CPM22 e mais nada. Puseram em seu set "Mulher de fases", dos Raimundos, "Meu Erro", dos Paralamas do Sucesso e mais algumas músicas as quais, sinceramente, não fiz questão de tentar identificar.




Agora é a vez dos meninos da Hardcall - http://www.myspace.com/hardcall, que esquentou um pouco o clima. Com músicas bem executas, a banda empolga bastate o público. Não fazem meu estilo, mas é muito bem ensaiada. Pra quem gosta, vale a pena conferir os shows dos caras, que de quebra mandaram um cover muito bem executado do Capital Inicial.




Sem muita demora, a banda de melhor performance da noite: a Incredula - http://www.myspace.com/incredulabanda. Com o seu gothic rock, levou quase todos os presentes a conferir sua apresentação. A banda faz jus à bagagem que carrega – shows em alguns festivais (até mesmo fora da Bahia) e programas de televisão. Com músicas sensacionais de autoria própria, tiveram um espacinho para uma versão (por sinal muito boa) de "Boys don't cry" do The Cure. Ficou foda!!





E para finalizar, a In.core - http://www.tramavirtual.com.br/incoreoficial, banda que já tem um tempinho no cenário rocker de Salvador e a única a fazer o que anunciava o cartaz: "HARDCORE". Há tempos eu não ia a um show dos caras. Eles se mostraram uma banda bastante amadurecida e foi uma das que deu um up nessa 4ª Edição do Festival de Cultura Rock.





E foi isso pessoal.





Na foto: HUPPER

Comentários

Anônimo disse…
Bela foto!

Andrei
Eduardo disse…
Gabriel, cabia aqui você dizer que você fez a resenha, pra ninguem pensar que andei caindo por ai uhahuahuahuahuuhauhahuauhahua
Val disse…
essa vocal da Hupper é uma gracinha, viu!
Eduardo disse…
Val: Arrasando corações thrashers! uauhahuauhah
Anônimo disse…
quando falei da foto foi isso mesmo
Eduardo disse…
E quando eu falei dos Thrashers eu lhe inclui. uhahuahuahua

Postagens mais visitadas deste blog

Cobertura dos melhores momentos do Palco do Rock 2009

Por: Rodrigo Gagliano.


Nesta edição colaborou conosco o Rodrigo Gagliano, membro de várias bandas que foram/são importante para o cenário underground soteropolitano, dentre elas a Charlie Chaplin. O Rodrigo, acompanhou todos os dias do festival PALCO DO ROCK, e teceu suas considerações. DIVIRTAM-SE!

Dia 21/02/09 – Sábado

Primeiro dia. Não curti nenhuma banda. Não é só em relação a estilo, às vezes é algo que não gosto, mas posso ver algo interessante e tal. No máximo na banda grande, mas tinha muito pula-pula, muita braulêra! Na verdade não lembro da banda de Thrash Metal 80´s. Teve ainda, a Pastel de Miolos que tem algumas coisas que gosto, principalmente de coisas mais antigas, como costuma ser comigo.

Dia 22/02/09 – Domingo

Segundo dia. Fui com Íris e Antonio (amigos pessoais do Rodrigo) que queriam ver a primeira banda, Endiometriose. Banda de Feira de Santana, composta por meninas. Tocaram muitos covers em relação a quantidade de músicas próprias.Ponto negativo, pois ficou parecendo q…

Oasis Day 2012 - Salvador

Texto: Ciro Sarno Já há alguns anos vem sendo realizado, no Brasil, o Oasis Day. Em algumas cidades, eventos com programação especial são feitos em homenagem ao grupo, contando com bandas covers e/ou discotecagem, levando os fãs a relembrarem os hits que marcaram épocas.
Na edição deste ano, que ocorreu dia 15 de setembro, Salvador participou pela primeira vez. O evento foi realizado no Groove Bar, melhor casa de rock da cidade, e o anfitrião da noite foi o sempre fantástico Oasis Cover. A apresentação contou com a abertura da banda Blur Cover, fazendo uma combinação inusitada de covers entre os rivais britânicos. Foi uma noite de puro rock, com o melhor que o Oasis tem a oferecer neste aspecto. Com um setlist bem escolhido por Ted Simões, líder e vocalista do grupo anfitrião, o show foi conduzido de maneira dinâmica e com surpresas dignas do que a noite merecia. “Rock’n Roll Star”
A apresentação começou com a música que traduz bem o que é o Oasis, o que significa ser fã da banda e prepar…

Cobertura: Festival Big Bands 2012

Texto: xDudux
Fotos:Quina Cultural, Igor Filgueiras, Mari Martins
No dia 26/10/2012 foi dado o pontapé inicial para mais uma edição do  Festival Big Bands. Na sexta não fui, pois estava torcendo pro glorioso leão e no domingo também não deu pra comparecer já que estava na celebração da décima edição da batalha de rimas Maisum, entretanto não poderia deixar de ir a pelo menos um dia desse tradicional festival e me restou ir no sábado (27/10), onde dentre outras bandas teria a gigante Headhunter D.C., banda local de death metal com prospecção e respeito nacional. Sim por esse show com certeza já teria valido à pena minha ida a Praça Tereza Batista, mas ainda teriam outros atrativos nessa tarde/noite.
A banda de abertura foi a Hessel -http://www.myspace.com/hesselrock - banda instrumental local que seguindo nossa tradição de bandas instrumentais é muito boa! Os caras abusam, sem medo de ser feliz, de efeitos e pedais, dando um resultado final que é uma delícia musical de primeira linha, que …